Identidade emprestada

18 de junho de 2011
Recém uma amiga da minha irmã ligou aqui em casa, mas não era pra falar com a minha irmã. E sim comigo. Ela, que nem olha na minha cara (mais) e nem tenho contato vem e liga pra mim, coisa que aliás ninguém faz. Diria que isso é um tanto estranho. Tente só adivinhar o porquê. Ganhou uma bala quem disse que era pra pedir minha identidade pra poder entrar numa festa que ela já tinha convite e né, tadinha, ela ainda é de menor. Tudo isso só porque eu tenho dezoito anos. Ok, se eu quisesse muito ir em algo que fosse somente para maiores de idade eu faria o mesmo, mas mesmo assim eu fico meio receosa sabe. Tipo, ela tá usando MEU nome e minha cara (não que seja lá grandes coisas, mas é minha).

Aí nisso eu fico imaginando diversas (piores) situações que podem acontecer enquanto meu RG fica sob as ordens da guria. Uma hipotética situação:

" — Carteira de identidade, por favor.
  — Aqui.
 — Moça, essa carteira não é tua. Olha a cara de retardada da guria? Olha o cabelo dela, nossa. E sinceramente, tu não tem cara de quem se chama Marina. Vai aprender a roubar ou falsificar identidade com gente que entende do assunto.
  — M-mas...
  — Próximo da fila, por favor!"

Ok, isso é idiota. Mas vai que acontece? Nem deve ser difícil. Mas saiba que se você, guria que usará minha identidade emprestada, não cuidar bem dela, terá que se ver comigo. Sem mais.

0 comentários :

Postar um comentário

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017