Coisas aleatórias: 1, 2, 3.

28 de outubro de 2011
Hm, talvez eu tenha que criar vergonha na cara e escrever mais, seja aqui, no meu caderno ou em qualquer outra coisa escrevível. Querida preguiça ainda tem um super poder sobre e me impede, na maioria das vezes.

Sexta-feira. Aula. Comunicação e Expressão. Modos verbais. Suuuper empolgação. Hoje praticamente revivi uma das minhas aulas da sexta série, com a professora Naltair (um beijo pra ti professora, olha que orgulho, to nas faculdades já). Cheguei um tanto cedo pra aula, e credo, não tinha quase ninguém. Também, o que mais se pode esperar de uma sexta, com clima bom pra sair, sem nada de útil na aula? Enfim. Fiquei mandando SMS pra tudo quanto era gente, pra ver se me respondiam. Só reparei que não trouxe o livro que eu estou lendo quando fui procurar por ele na mochila. Está do lado da cama. Nessas horas um livro faz falta, acredite.

Mas eu não vim aqui pra falar da minha aula (ou pré-aula). Na verdade não sei do que eu vim falar. Mas posso ficar falando de coisas aleatórias que me vem à mente, por que não?

Coisa aleatória nº 1: há mais ou menos um mês, acho que é menos tempo de um mês, que seja, eu ganhei dois gatinhos da minha mãe. Sim, dois lindos gatos brancos, bebezinhos, de olhos azuis. Muito perfeitinhos <3. O problema é: como eu faço para que eles não fiquem marrons? Sério, eles não param quietos, vão só para onde tem sujeira. Eu até tento lavar toda a casa, principalmente onde eles mais ficam, mas ainda assim conseguem ficar sujos, um porquinhos. Mas são tão lindos que eu ignoro esse fato <3. Eles têm mania, quando estão todos contentes, de subir correndo pela perna até o colo, seja a gente estando sentado ou de pé. É muito fofo, muito fofo mesmo, o ruim mesmo é a calça, que fica toda desfiada e a perna também. Mas tudo bem, eles são tão bonitinhos que dá para ignorar esse fato <3.

Coisa aleatória nº 2: meu dedo anelar da mão direita tá estalando toda hora, como se tivesse algo fora do lugar. Bom, tanto faz. O barulhinho que fica fazendo do estalo é divertido.

Coisa aleatória nº 3: eu realmente não tenho noção de espaço, de profundidade, ou de qualquer outra coisa que envolva fazer cálculo de cabeça sobre probabilidade e... me enrolei, mas acho que deu pra entender. Por que estou falando isso? Porque outro dia, não me lembro qual ao certo, choveu. E choveu muito. Tudo ficou tensamente alagado. Tá, não tanto assim, mas pra quem não está acostumado com isso, foi algo considerável. O que me aconteceu? Eu desci na parada que sempre desço, e a única maneira de passar era ou atravessando uma poça ou fazendo uma super volta. Eu, preguiçosa do jeito que sou, resolvi passar pela poça d'água mesmo, pensando que não seria nada. Adivinha? Adivinha? Mergulhei metade do meu pé na água. E ainda por cima estava com um all star preto todo rasgado nos cantos, bem propício a ser encharcado.

Eu acho que é isso que tenho pra falar. Bom, se eu espremesse meu cérebro mais um pouquinho, até poderia de sair mais alguma coisa, mas não estou mais com vontade de escrever, deixar o resto pra outro dia. Boa noite.
  1. ás vezes ficamos mesmo sem saber o que escrever xb é pah, já deu para entender que és mesmo preguiçosa, essa da poço partiu-me toda xD

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017