Filmes que vi: MAIO

31 de maio de 2012
Visual emo de 2006, rs
Suicide room (Sala Samobójców): é a história de Dominik, um garoto rico, mimado, que tem tudo o que quer (bom colégio, boa casa, é bonito, essas coisas). Na festa de formatura, os amiguinhos dele (tudo bêbado e rindo como gralhas) fazem a seguinte proposta: as duas gurias se beijam aí, e Dominik e o outro garoto bonito se beijam também, que tal?”. Todo mundo se beija e Dominik parece gostar um bocado disso. Um outro dia, no tatame (não sei que luta faz, mas tem um tatame), os dois garotos que se beijaram na festa se encostam daqui, se encostam de lá, e pronto, Dominik fica “animadinho”, se é que você me entende. O parceiro de festa e de tatame resolve então trollar o garoto mimado, anunciando o fato no Facebook. Todo mundo então começa a comentar sobre isso e Dominik não consegue dar a volta na situação, se trancando no quarto, com vontade de se matar. E lá, no seu quartinho, no seu computadorzinho, ele descobre um chat para suicidas (wtf?) na querida internet. Eu só vi esse filme na verdade porque o áudio é em polonês (sim o filme é polonês), e eu nunca tinha ouvido nada nessa língua. Sabe o que é ter agonia por não conseguir relacionar nenhuma palavra com a legenda? Então.

Um cão andaluz (Un Chien Andalou): é um curta-metragem de 1928, e é um marco do surrealismo. Eu não saberia muito bem dizer sobre o que é esse filme, porque isso não fica nem um pouco claro. Segue mais ou menos a lógica dos sonhos – ou seja, não há lógica, mas tentamos encontrar. As cenas são simplesmente soltas, tu não faz a menor ideia do que pode acontecer no próximo momento. Como é um curta-metragem, é, obviamente, bem curto, ou seja, dá pra ver pelo YouTube mesmo. (Assista aqui em baixo, e tire suas próprias conclusões, rs).


Ímpar par: também é um curta-metragem, de 2005. Achei a sinopse que tem junto ao vídeo tão bonita que vou colar aqui: "Sinopse: Em meio a pés que vão e vem, cores e cordas de violino, o sapateiro de um pequeno vilarejo procura o par perfeito, em uma fábula de amor e sapatos." Eu vi no Porta Curtas, e o link pra assistir é esse daqui

O cabelo dela é legal, q
Pulp Fiction (vi de novo): narra três histórias diferentes, mas todas entrelaçadas. É sobre dois assassinos profissionais (o papel do John Travolta, Vincent Vega, é muito besta) que trabalham para um gângster fodão que mal mostra a cara e que tem uma linda esposa drogada, sobre um pugilista que é pago pra perder uma luta, mas que não perde e ainda por cima mata o adversário, e sobre um casal que pretende assaltar o restaurante onde tão comendo porque assaltar bancos tá ficando perigoso (teoria deles: ninguém planeja assaltar restaurantes, logo, as pessoas não esperam por isso, muito menos os que trabalham lá. Então, bora assaltar restaurantes). O filme é fora de ordem cronológica, ou seja, de início as três histórias parecem simplesmente separadas. Mas não é uma coisa desorganizada do tipo "ainda é o mesmo filme que to olhando, ou já acabou, começou outro e eu nem reparei?", é, hm, de um jeito legal. Tem duas músicas do filme que não me saem da cabeça: primeira, a música que tem no início do filme, que até o Black Eyed Peas fez uma nova versão, ou algo assim. É essa música. A segunda música é da parte onde a Mia (que é a linda esposa drogada do gângster fodão) chega em casa bêbada e resolve colocar uma música pra dançar, e é essa daqui.

Momento fófis
Tudo acontece em Elizabethtown: talvez eu não esteja tão certa do que é esse filme, porque dormi algumas partes. E eu dormi por dois grandes motivos: primeiro, eu tava morrendo de sono. Segundo, o filme é tão sem ação e sem história que não dá aquele ânimo pra ver, sabe. É a história de um cara que trabalha (trabalhava, não me lembro direito se ele tinha sido despedido ou não) numa grande empresa de calçados. Esse cara (que não recordo o nome) fez um calçado tão, mas tão ruim que deu um prejuízo de um bilhão de dólares. Obviamente, ele se sentiu fracassado. Quando ele estava cogitando a ideia de se matar com uma espécie de bicicleta (?) ele recebe uma ligação da irmã dele dizendo que o pai deles havia morrido, e que a família iria precisar da ajuda dele pra superar tal situação. Aí (não sei como) ele conhece uma aeromoça que prontamente parece ser apaixonada por ele (como, se eles nem se conheciam?). O filme tem umas partes fofinhas, mas sei lá, faltava algo.

Não chora não mulher
À prova de fogo: é a história de um bombeiro que salva vidas todos os dias (obviamente) mas que não consegue salvar o próprio casamento, que vai de mal a pior. Os dois brigam por motivos bestas (ela briga porque ele nunca faz nada em casa e ele briga porque ela briga com ele) e, então, acham que é melhor o divórcio do que aguentar essa situação. Caleb (esse é o nome do bombeiro) informa essa decisão para os pais dele e o bom velhinho (o pai) diz para ele aguardar 40 dias até se divorciar. Caleb acata a ideia, mesmo que relutante (queria acabar com isso de uma vez). O pai dele também entrega pra ele um caderno que tem tipo um manual pra reconquistar a mulher, ou algo assim. É o tipo de filme que tu fala "Ele já se arrependeu, para de ser idiota!!!" e depois fala "Awn que lindo*-*". É fofinho.

The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore: mais um curta-metragem, mas dessa vez esse é uma animação. E uma linda animação <3. É mais ou menos assim: um rapaz estava em seu apartamento na varanda escrevendo no caderno (o que talvez um dia fosse ser um livro). De repente, surge uma tempestade e leva tudo no vilarejo, literalmente tudo, casas, prédios, o que for que tivesse (uma coisa meio O mágico de Oz). Ventania para, tudo se assenta, e o jovem rapaz percebe que tudo o que ele havia escrito no caderno havia sumido. Desolado, resolve caminhar por esse lugar onde caiu. Descobre uma biblioteca, onde é acolhido pelos livros (sim, isso mesmo, os livros são praticamente pessoas, só que em formato de livro, oi). Acho que é mais válido assistir o curta do que ler eu tentando explicar o que é. Por isso, veja aí:


  1. Muito legal seu texto. Me z rir a beça, risos. Seguindo.
    #Besitos------------->http://mikaeetc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. belos filmes :)
    adorei seu blog, ja estou te seguindo :)
    beijos
    http://abeautyfool.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Hoy flor, vim tea avisar. Tem uma garota, que esta plagiando varios blog. Até os que você mais gosta. Fiz uma campanha. E gostaria muito que você participasse.
    #Besitos------------->http://mikaeetc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa a prova de fogo deve ser mt massa! adorei os filmes!



    BEIJUXX
    http://ianapaulinhaaaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu só assisti Á Prova de Fogo , mas faz tempinho! Muito bom esse filme! Maravilhoso! Ótimas dicas!

    Débora Braga
    @deborabragablog
    Blog

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017