Um apelo pelo bom português

7 de maio de 2012
Se tem uma coisa que eu odeio nessa vida, e nem são muitas viu, é erro de português. Isso não quer dizer que eu seja tipo a mestre de Letras que sabe de tudo e ninguém sabe de nada (até mesmo porque eu erro também né e, ops, nem faço Letras), mas sim que eu não compreendo, não consigo engolir. A pessoa vai na escola pra quê? É isso que me questiono quase sempre. E nem é questão de achar que quem sabe escrever direito é superior e tal. Eu compreendo quem é mais velho, ou quem não teve oportunidades, que teve uma vida e criação diferentes, ou seja lá o que for, de cometer seus erros. É natural errarmos no que não nos foi passado.

O que me faz apavorar mesmo é esse povo que tá no ensino médio, quase saindo da escola e se preparando aos poucos para entrar numa vida acadêmica (ou seja lá que vida queira, de preferência algo que faça evoluir, rs) escrevendo como uns alienados nem sabendo conjugar direito, ou ainda confundindo loucamente "mas" com "mais". É uma coisa meio que inaceitável né, até mesmo porque, querendo ou não, o erro pode acabar chamando mais a atenção que o conteúdo.

E sim, o conteúdo, aquilo que tu* quis passar no texto, pode sim ser desfocado pelo erro. Por quê? Bem simples: a primeira coisa que notamos em tudo são os erros. Até em nós mesmos. É muito simples conseguirmos fazer uma lista de tudo que sabemos que tá errado na gente, mas vai dizer as qualidades pra ver se não é bem mais complicado? Então, com um texto que a gente lê acontece a mesma coisa. A pessoa que escreveu até poderia estar bem intencionada, com todo o conteúdo na cabeça, até com as frases bem formuladas. Mas na hora de transcrever tudo, puf, caiu no abismo gramatical (todos morre).

Escrevi tudo isso de uma maneira bem vaga, eu sei, mas sei lá, é mais como se fosse um "desabafo". Vejo tanto blog com layout super bonito e caprichado, mas sem conteúdo nenhum, ou então sem nenhum cuidado em relação à escrita, como se ninguém fosse notar isso. Eu noto, e prezo pelo bom e velho português.

*Sim, eu falo "tu" sem conjugar direito. Mas isso é mais uma questão de regionalismo e costume (mas tchê, sou gaúcha). Não consigo falar "você", e me soa estranho dizer "tu queres", ou algo assim.
  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas tchê, na moral, pra mim tudo que tu "falaste" (também não gosto de conjugar "tu", porque sou gaúcho) é super verdade, até porque, ver aquela palavra bem simples de escrever, escrita de um jeito errado, chega a dar um derrame no cérebro, mas a situação de desinteresse das pessoas pela gramática, e não só pela gramática, por várias coisas que aprendemos na escola, passa muito pela falta de qualidade de ensino nas mesmas, culpa também do governo, que querendo ou não, faz com que muitos garotinhos e garotinhas juvenis se desinteressem pelos estudos, através da falta de apoio com verbas para a educação, e pela sua mídia, extremamente influenciadora para um povo ignorante em geral, como é o povo brasileiro.

      Excluir
  2. "Vejo tanto blog com layout super bonito e caprichado, mas sem conteúdo nenhum, ou então sem nenhum cuidado em relação à escrita, como se ninguém fosse notar isso. Eu noto, e prezo pelo bom e velho português." Mais feio do que cometer esse tipo de erro (não que errar seja errado, ou que eu eu mesma não erre, estou me referindo ao "mas" e "mais" e a erros relativamente bobos, o que deixa o erro ainda mais feio, convenhamos) é não se importar em corrigir, em aprender e se adaptar ao correto... Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi floor, adorei sua visita!
    seeu layout ta uma fofura *-* .

    Womandecides / Clara Chic estão te seguindo!

    Beijinhos,
    http://woman-decides.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. oii fllor lindo seu blog,stou de seguindo bjs.sucessos

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro seus textos sao lindos.
    http://sobre-tudoum-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que lindo seu blogger , sucesso sempre !
    Da uma olhadinha no meu tbm :
    http://vaidosaeciumenta.blogspot.com.br/

    Tem sorteio rolando , vem participa !
    Leia as regras en ;)

    ResponderExcluir
  7. Não importa que o gaúcho não conjugue o tu! Eu acho lindo do mesmo jeito! Eu sou pernambucana e falo muito "tu" também! uiheaehaeihaehe

    Mas, eu acho imperdoável, um livro, que passa por uma edição, ou seja, passa por um monte de mãos e olhos antes de ser definitivamente publicado e ainda contém um MONTE de erros de português. Fica até ruim de ler! =/

    ResponderExcluir
  8. Concordo, principalmente quem escreve em blogs e apresenta trabalhos escolares, Mas como a língua portuguesa é cheia de cascas de banana eu dou um desconto pra alguns errinhos rsrs Seguindo, vou amar se você poder retribuir beijo
    http://kelly-club.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Hoje em dia os erros de português são até bobos como o 'mas' e 'mais'. Talvez, seja até mesmo falta de atenção. E claro, um blog pode ter um layout perfeito mas se não tiver um bom conteúdo, uma boa escrita se torna difícil a leitura. Canso lendo blogs com vx, xau, amr.. ainda mais com o word e navegadores que corrigem certos erros.

    Seguindo.
    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Encontrei meu clone!! =O Hahaha!
    Mas é verdade! Eu me incomodo com muita facilidade, ao reparar nesses errinhos bobos, como o caso de "mais" e "mas"!! Me incomodo muito! kkkkk. Não vou dizer que não erro, MAS eu me esforço pra não errar rsrs!
    É....é tenso mesmo! =S
    Muito meigo aqui! ^^

    www.umtoquepravoce.blogspot.com

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017