2 em 1: Onde vivem os monstros + filmes que vi em JUNHO

3 de julho de 2012
Onde vivem os monstros
Vemk e me abraça, Carol <3 (o nome do ursão na imagem)
Hoje de tarde eu vi Onde vivem os monstros (where the wilds things are, 2009). É a história de Max, um menino muito fofinho que tem uma linda imaginação (sabe aquelas crianças que ficam inventando coisas do nada e tu fica estupefato com tudo que elas dizem? Então, Max é uma criança assim).

O início da história mostra a relação toda legal que ele tem com a mãe e o orgulho por ter seu próprio iglu na neve (no pátio, mas ainda um iglu). Depois, numa "briga" de bolas de neve com os amigos da irmã mais velha, seu iglu é pisoteado e isso o deixa realmente triste (poxa, estragaram o lugar dele). Corre pra casa, destrói as coisas da irmã, faz um mini-desabafo com a mãe, mas continua indignado. Depois da janta, o menino fofo se desentende com a mãe e foge de casa, e vai para uma floresta, e vai para o mar, e navega durante um dia, e se depara numa ilha. E, nessa ilha, encontra monstros. Que não são tão monstros assim.

Me apaixonei por esse filme. E não sei se é por causa da TPM, mas eu morri chorando enquanto assistia. Sim, é por causa da TPM. Mas o filme tem lá seus motivos pra emocionar. A história é toda inocente, toda voltada à imaginação que as crianças tem, e trabalha muito bem isso. É impossível ver e não se lembrar daqueles momentos bons que se atirava (pelo menos eu fazia isso) todos os ursos de pelúcia em cima da cama e fazia uma história diferente para cada bichinho. Assistir esse filme é praticamente olhar pra infância que se teve.

P.s.: enquanto procurava uma imagem lindona pra colocar no post, descobri que esse filme é baseado no livro de mesmo nome, escrito por Maurice Sendak e distribuído aqui no Brasil pela Cosac Naify. Quando  eu for ryca eu compro.

Filmes que vi em junho
Mês passado eu fiz uma lista dos filmes que tinha visto durante o mês. Vi poucos, e acho (tenho certeza) que nesse mês foi menor ainda a quantidade. Ok, ok. Preguiça reinando é uma praga, mas juro que não tenho culpa (é mais forte que eu). Pra não ficar me enrolando e escrevendo coisas nadavê, lá vai a singela lista:

Eu me remexo mexo (8)
Lolita (1962): um professor de filosofia se hospeda num hotel e não sabe se vai embora ou se fica (a dona do estabelecimento é uma viúva que de cara se joga no escritor bonitão). Mas essa dúvida some completamente quando ele desce para o pátio e vê a filha adolescente da dona do hotel. Detalhe da menina: de biquíni, tomando banho de sol. Ok. O professor bonitão se chama Humbert Humbert (tente pronunciar isso rápido, rs) e depois de um tempo acaba se casando com a dona do hotel, Charlotte Haze. Mas não adianta, os olhinhos do professor danadinho são todos para a menina Dolores Haze, que ele chama carinhosamente de Lolita. E, de tão obcecado pela enteada, começa a fazer anotações no seu diário sobre ela. Aí a mulher descobre, morre (atropelada, pra felicidade do professor), e então ele fica livre para "cuidar" de sua amada menina. Que de menina só tem o corpo, né (o professor é safadinho mas a menina também colabora, E MUITO.) E esse também foi um filme que eu descobri que era um livro só depois que fui procurar por imagens.

Sem legenda legal aqui
Star Trek  - The motion picture (1979): pra início de conversa, Star Trek é um daqueles clássicos que nunca tinha visto (nenhum do trocentos filmes o:). Caso eu fale bobagem, é porque sou n00b mesmo, não me crucifiquem, nerdões de plantão. (Pensando bem, eu não vou saber explicar, vou apenas copiar e colar a sinopse da Wikipedia). "É um filme americano de ficção científica de 1979, dirigido por Robert Wise e o primeiro longa-metragem baseado na série de televisão Star Trek. Quando uma misteriosa e incrivelmente poderosa nuvem chamada de V'Ger se aproxima da Terra, destruindo tudo em seu caminho, o Almirante James T. Kirk assume o comando de sua antiga nave estelar, a USS Enterprise, para liderar uma missão para salvar o planeta e determinar as origens de V'Ger" (fonte). Tenho que dizer uma coisa sobre esse filme: o monte de imagem do espaço que aparece dá muito, mas muito sono mesmo. E tenho mais outra coisa pra dizer: quem já leu a série O Guia do Mochileiro das Galáxias sabe que a resposta pra Vida, Universo e Tudo Mais é 42. Só não se sabe a pergunta. Nesse filme traz um questionamento parecido (qual a pergunta?). E isso me deixou curiosa, queria saber quem se inspirou em quem, rs. Já que tanto O Guia como Star Trek são da mesma época. E sim, eu sou n00b.

Papai ou amante? #polêmica
Entrevista com o vampiro (1994): essa foi uma das poucas vezes em que leio primeiro o livro e depois vejo o filme. Bem, Entrevista com o vampiro é, um tanto obviamente, uma entrevista com um vampiro. Esse vampiro se chama Louis e resolve então contar toda vidinha vampiresca para um jornalista qualquer de plantão. Começa contando sua vida a partir da transformação, feita por Lestat. Mesmo sendo vampiro, Louis continua com seu lado humano, achando que não se deve matar humanos, assim, só por matar, só por instinto, e também acreditando que ser vampiro deve ser algo muito maior que viver da morte. E com esses pensamentos, Louis tem suas lindas crises existenciais enquanto come ratos para poupar a vida humana. Lestat, um loirão debochado que acha que sabe de tudo, resolve presentear o seu "amigo" transformando uma criança, Claudia. Observações: quanto a relação livro versus filme, acho que a adaptação foi bem fiel, bem feitinha nos detalhes. Mas teve coisas que me deixaram chateada (vulgo #chatiada), como por exemplo a relação Louis x Claudia. No livro existe quase uma devoção entre os dois, existe aquela dúvida impertinente sobre como eles se veem, porque Claudia tem corpo de criança, mas pensa como adulta. E acho toda relação linda e com ar de mistério, o que não foi passado no filme. Mas recomendo (tanto o livro como o filme).

OBSERVAÇÃO: eu quero continuar postando os filmes que vejo, mas não sei se quero continuar fazendo lista desse jeito, postando os que vi no mês. Acho que o post fica grande demais. Então eu pergunto: vocês preferem um texto mais longo, ou texto mais divididos, com apenas um tema?
  1. Ai não assisti mas, Onde
    vivem os Monstros ?
    Parece encantador!
    Gosto do jeito que você escreve
    então não me importo do Post
    ficar longo mas, uma idéia
    seria tipo você fazer um Top 3
    o que acha ?

    beijoO
    www.modiceseafins.com

    ResponderExcluir
  2. Onde Vivem Os Monstros, eu ja assisti, mas nao me agradou.
    Noossa, preciso assitir Entrevista com os Vampiros.
    Eu sempre ouvi dizer que e um otimo filme.
    Amo essas postagens de indicações de filmes. Voce descreve super bem!
    Um grande beijoo, Jessica.
    Simples & Sereno

    ResponderExcluir
  3. Assisti "Onde Vivem Os Montros" há pouco tempo e achei fofo demais *-* Os outros, nunca vi, mas sou louca para assistir "Lolita".

    Amei o post!
    Beijos
    http://help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Colei o link errado... perdão. Help Adolecentro é o outro blog. Era pra ter ido isso:

    Coisas Fúteis

    ResponderExcluir
  5. Ah eu quero ver onde vivem os monstros :3 deve ser legal *-*
    Bjão ♥

    plush-girl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Um amigo me indicou esse filme, ele quer porque quer que eu veja porque amou. Estou ansiosa pra ver.
    bjs, spaziodm.com

    ResponderExcluir
  7. Agora fiquei morrendo de vontade de ver esse filme, parece ser muito bom!
    Eu amo Entrevista com um Vampiro, é um ótimo filme! O livro deve ser melhor ainda.. Beeijoos

    cherry-blow.blogspot.com

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017