Filmes que vi em AGOSTO

22 de setembro de 2012

Citizen Kane (Cidadão Kane): vi esse filme na aula de Teorias de Jornalismo e, ao contrário do que filme na aula sugere (chatice), esse daí eu adorei. É um filme de 1941 que fez uma super diferença na época, tanto na área do cinema como na área do Jornalismo (mudou o jeito de filmar e também mostrou como era de fato uma redação). Mas, mesmo com toda essa inovação, o filme não teve o sucesso esperado pelo simples motivo de o diretor ter mexido com um dos "grandões" da época. Explicando melhor: o filme começa mostrando uma matéria jornalística sobre a morte de Charles Foster Kane. Mas o jornal queria mostrar mais, não ficar só no que todo-mundo-tá-fazendo. Para isso, os jornalistas foram investigar o que significava a última palavra que o Kane havia dito, "Rosebud". Para conseguirem descobrir, investigam toda a vida de Kane. Então, o filme não teve tanto sucesso (na época, agora é um clássico do cinema e do jornalismo) porque o diretor, Orson Welles, fez com que a história se parecesse MUITO com a vida de William Hearst. E bom, ele não curtiu muito e pediu (ordenou *cofcof*) que as fitas fossem queimadas e tal. Mas enfim, é um bom filme.

Across The Universe (Através do Universo): é um filme musical que é uma maravilha de olhar (e principalmente de se ouvir). Assisti com a legenda em inglês porque não achei de jeito nenhum alguma que ficasse sincronizada com o filmezinho que eu havia baixado, então tinha coisas que só entedia pelas imagens mesmo (me sinto analfabeta às vezes em relação ao inglês). Mas, apesar desse pequeno imprevisto, consegui acompanhar direitinho e tal, até mesmo porque é mais música mesmo que história ou fala. E a história que existe de fundo para todas as músicas é a de (Hey!) Jude, que mora em Liverpool mas vai aos EUA à procura do pai. Lá ele conhece Lucy (in the sky with the diamonds) e se apaixonam. O musical também tem a Guerra do Vietnã de fundo e um tanto de psicodelia. É um filme bonito em muitos sentidos.

Trois Coleurs: Bleu (A liberdade é azul): esse filme é o primeiro de uma trilogia dedicada às cores da bandeira francesa (azul, branco, vermelho). É a história de uma modelo que perde o marido e filha num acidente de carro. Tenta frustradamente se suicidar, mas não conseguindo, enxerga uma nova oportunidade de se animar pela vida ao dar continuidade no trabalho do marido, que era um músico famoso e tal. É um filme paradão, quietão, com pouca fala. É legal, até, mas pra se ver sozinho. Ver com mais alguém seria uma depressão total.

Trois Coleurs: Blanc (A igualdade é branca): é o segundo filme da trilogia das cores do polonês Krzysztof Kieślowski (tentem falar o nome do cara bem rápido três vezes). É a história de um emigrante polaco que é casado com uma francesa e que mora em Paris. Sua mulher, sem mais nem menos, decide se separar e ele fica à mercê, à margem, mendigando mesmo. Tudo porque ela (a agora ex dele) resolva colocar ele pra fora de casa, sem dinheiro, sem nada. Mas aí, nessa vida de pedinte de metrô, ele encontra um outro polaco e acabam voltando juntos para seu país de origem. Esse filme segue ainda a linha de quietão e sem muita fala como o primeiro, mas tem pelo menos tem mais história e acaba de um jeito "legal". Esse vale mais a pena.

The Cabin in the Woods (O Segredo da Cabana): sabe todos os clichês que já estamos cansados de ver nos filmes de terror? Então, esse filme tem TODOS. A loira burra, o idiota, a nerd, o fortão, o inteligente, uma van, uma floresta, um posto de gasolina abandonado, um porão cheio de cacarecos. Tem tudo isso e mais. Mas, tcharan!, esse filme meio que "explica" qual a grande verdade por trás desses filmes e o porquê deles serem assim. Sério, é muito bom mesmo.

A virgem, o fortão, o inteligente nadavê, o idiota chapado

All the President's Men (Todos os Homens do Presidente): outro filme que vi na aula de Teorias, e outro que gostei (ainda com a temática jornalística, mas isso é meio óbvio, né?). “Todos os homens do presidente” é um filme de 1976, baseado no livro de mesmo nome lançado em 1974. O filme mostra, essencialmente, como um jornal conseguiu fazer um presidente renunciar ao seu cargo e desmascarar a lavagem de dinheiro do governo. É um filme legal pra ver como mais ou menos funciona o dia a dia de um jornalista (claro, não é todo dia que se tem um caso na mão capaz de derrubar um presidente dos Estados Unidos), mostra toda a correria, apuração, checagem das fontes, agilidade em escrever. Principalmente pra quem curte esse ramo da Comunicação Social e pretende algum dia cursar, é um filme super interessante.

E sim, essa lista tá mega atrasada.
  1. Across The Universe é um dos meus filmes favoritos! musical + beatles + jovens lutando pela paz só resulta em uma maravilha cinematográfica! Nunca tinha ouvido falar de Trois Coleurs, e All the President's Men mas parecem interessantes. Cidadão Kane eu já assisti, mas não me lembro se gostei ou não. Enfim, parece que você assistiu uns filmes legais mês passado!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Tu vê filme demais, nesses dias vi nenhum. ó, me ajuda a divulgar que o link do meu blog agora é http://blogdaaninne.blogspot.com.br/, é o link de um blog bem antigo meu, que estava indisponível, por isso só troquei agora :/, se puder agradeço muito (:

    ResponderExcluir
  3. Belos filme. Adorei o novo layout do blog, está lindo!
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  4. Across The Universe... hmmm... Fiquei morrendo de vontade de ver! lalalala

    ResponderExcluir
  5. Acho que é mais legal ver os comentários que você faz mesmo kkkkk o idiota chapado e ointelginte nada a ver.... pois é....

    ResponderExcluir
  6. Você viu e eu nem os conhecia, mas gostei muito do The Cabin in, é bem mais meu tipo, gosto de filmes de terro, coisa que tenha suspense.. rsr

    www.ecleticus.com

    ResponderExcluir
  7. MINHAS OBRAS CULTURAIS

    LANÇAMENTO DA REVISTA DO CINEMA MACHADENSE (1911-2005)
    (Machado Town´s Cinema History Release 1911-2005)
    http://www.youtube.com/watch?v=msoR2iUr-8M

    ===============================================
    MINHAS OBRAS CULTURAIS
    (My cultural works)
    http://www.youtube.com/watch?v=5gyGLdnpuvQ

    ==============================================
    EPISÓDIO CULTURAL ENTREVISTA GISELE FERREIRA (Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas-MG/Brasil)
    Cultural Episode Fanzine interviews Gisele Ferreira from the (National Book Exposition in Poços de Caldas Town-MG/Brazil)
    http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU

    =============================================================
    PESADELO PSICODÉLICO (meu primeiro curta-metragem)
    (Psychodelic Nightmare) my first short film
    http://www.youtube.com/watch?v=jIQ_LE6qCfU

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017