Queimei a cara mas tô feliz

30 de outubro de 2016


Acordei as 7 e pouquinho da manhã e meu celular marcava 10 graus. Troquei o vestido com meia calça que tinha em mente por uma calça de moletom numa completa vibe pijama (cinza, e com meias cinzas para combinar), All Star, camisa flanela com blusa de lã por cima e um casaco grandão até quase o joelho. Levei luvas e cachecol porque as vezes sou exagerada mas nem percebo.

Namorado e eu fomos pra Porto Alegre bordejar porque o dia tava lindo demais pra ser desperdiçado dentro de casa. Frio, porém sem vento algum e aquele solzinho que aquece o coração. Contece que não olhei qual seria a possível máxima temperatura. Contece que solzinho aqueceu tanto que o termômetro marcava, lá pelo meio dia, TRINTA E UM GRAUS. E eu com roupa suficiente pra esquimó ser.

Não levei protetor, não tenho chapéu, só tinha comigo um óculos escuros de procedências duvidosas. O sol, tão meigo pela manhã fez a falsa comigo à tarde e queimou de leve a minha cara. Meu couro cabeludo dói um pouco, minhas bochechas, testa e nariz estão levemente avermelhados e eu acho que essa mudança extremamente brusca de temperatura vai deixar uma gripe de presente. Não sei, veremos.

Mas essas coisas só percebi quando cheguei em casa. Enquanto estava lá, vendo Feira do Livro, feira de antiguidades e feira de artesanato da Redenção, tudo estava maravilhoso. Bruno teve que me segurar um pouco porque vi tanto livro que morro de vontade de ler e/ou comprar que mais um pouco agarrava uma braçada do que conseguiria roubar e sairia correndo. Dsclp, meu jeitinho. O que teve de bom também foi o almoço, que era uma ala minuta de respeito, mas que não lembro o nome agora. Espero lembrar, que próxima vez que eu for por aquelas bandas quero almoçar de novo lá.
  1. São as pequenas felicidades do dia a dia que felizmente nos deixa esquecer os equívocos que tanto pode nos desagradar. Adorei o post e o blog <3

    Um abraço,
    http://julietincrisis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ui, aconteceu comigo outro dia. Só que ao contrário. O sol deu as caras logo cedo, implacável, mas lá pelas 4 da tarde o tempo resolveu virar e caiu uma tempestade (dessas frias, antes fosse uma daquelas quentinhas, de verão). E eu de vestidinho e sapatinho de pano. Resultado: uma belíssima gripe. :/

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  3. A gente fica tão feliz às vezes que nem repara nos detalhes haaha Que dia <3
    [www.juliedebatom.com]

    ResponderExcluir

 

Follow by Email

Theme e conteúdo por Marina R. - © Marina's Journal 2011 ~ 2017